Logon
São Francisco de Assis

Com a vida marcada pelo amor incondicional a Deus e ao próximo, pregava a harmonia com a natureza para o bem da Casa Comum, a Terra

No dia quatro de outubro é celebrada a memória de São Francisco, santo que dedicou sua vida à fraternidade, à integração do homem com Deus e a natureza.

Francisco nasceu em Assis, na Itália, no ano de 1182. De família católica, nobre e militar, quando jovem era apaixonado por aventuras e queria ser herói. Para realizar seu sonho e manter a tradição da família, alistou-se no exército. Porém, logo teve a certeza de que aquele não era seu lugar.

Francisco conheceu sua verdadeira vocação quando passou a refletir sobre sua vida. Então, aos 24 anos, renunciou a sua riqueza para seguir o Evangelho de Jesus Cristo. Desde então, passou a se preocupar com os mais necessitados e em fazer a vontade de Deus, servindo-o por meio da doação total e incondicional da sua vida.

Com o apoio de amigos, fundou a Ordem dos Frades Menores, que levava a Palavra de Cristo ao povo, com simplicidade e humildade. À Igreja, Francisco de Assis, que nunca foi sacerdote, pregava a fidelidade ao Evangelho e optou pelo voto de pobreza, que caracterizaria mais tarde a Ordem Franciscana, por ele fundada.

O trabalho foi tão bem realizado que, por toda a Itália, os irmãos chamavam o povo à fé e à penitência. Francisco fez muito amigos, entre eles, Clara, com quem fundou a Ordem das Damas Pobres ou Clarissas, em 1212.

Cinco anos depois, o movimento franciscano começou a se desenvolver como uma ordem religiosa e o número de membros era tão grande que foi necessária a criação de novos conventos.

Francisco morreu em outubro de 1226. Dois anos antes, já doente e cego, ele escreveu o Cântico do Irmão Sol (ou o Cântico das Criaturas), no qual louva todos os elementos da natureza. Francisco foi canonizado em 1228.

A festa de São Francisco é celebrada em quatro de outubro, quando também é comemorado o Dia dos Animais. Em 1939, o Papa Pio XII o proclamou padroeiro da Itália e, em 1999, o Papa João Paulo II o proclamou patrono da Ecologia.

Igreja dedicada ao santo

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) reconheceu, no dia 17 de julho, o Conjunto Moderno da Pampulha, projetado por Oscar Niemeyer, como Patrimônio Cultural da Humanidade. A Igreja São Francisco de Assis integra o complexo.

Inaugurada em 1943, a Igreja de São Francisco de Assis, da Pampulha é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA/MG)e pela Gerência do Patrimônio Municipal.

 

 

Matéria publicada originalmente na edição de outubro/2016 da revista A TURMA.

A Sociedade Mineira de Cultura é uma entidade beneficente da área de educação, portadora do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social - CEBAS-Educação.