Logon
Dia Mundial da Água
22/03/2014

   Ilustração: Eric Ricardo

No dia 22 de março comemora-se o Dia Mundial da Água. Com aproximadamente 12% da água doce do planeta, o Brasil tem o desafio de pensar a gestão dos recursos hídricos em seus mais diversos usos, garantindo o acesso à água e promovendo seu uso sustentável para as atuais e futuras gerações. No ano em que as celebrações giram em torno do tema "Água e Energia", conforme definição da Organização das Nações Unidas (ONU), a sociedade brasileira muito tem a refletir sobre os usos que têm sido feitos desses recursos.

Saiba mais

Instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992, o Dia Mundial da Água ficou registrado no calendário global. Desde a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, a histórica Eco-92, o dia 22 de março tem um significado especial, visto que nações por todo o mundo se unem para pensar e trabalhar em ideias para combater a escassez da água, preservar a oferta e refletir sobre a educação ambiental.

Em 10 de dezembro de 2002, o senado brasileiro aprovou o Dia Nacional da Água, através do projeto de lei do deputado Sérgio Novais (PSB-CE). O texto destaca que esse deverá "oferecer à sociedade brasileira a oportunidade e o estímulo para o debate dos problemas e a busca de soluções relacionadas ao uso e à conservação dos recursos hídricos."

Declaração

Na Declaração Universal dos Direitos da Água, criada pela ONU, dentre as principais abordagens estão:

  • Que devemos ser responsáveis com a economia de água, pois essa é condição essencial de vida;
  • Que ela é um patrimônio mundial e que todos nós somos responsáveis pela sua conservação;
  • Que a água potável deve ser utilizada com economia, pois os recursos de tratamento são ainda lentos e escassos;
  • Que o equilíbrio do planeta depende da conservação dos rios, mares e oceanos, bem como dos ciclos naturais da água;
  • Que devemos ser responsáveis com as gerações futuras;
  • Que precisamos utilizá-la tendo consciência de que não devemos poluí-la ou envenená-la;
  • Que o homem deve ser solidário, evitando o seu desperdício e lutando pelo seu equilíbrio na natureza.

Com o documento, a ONU tornou obrigatório que todos sejam responsáveis pela qualidade da água, bem como pela sua manutenção, tendo, assim, formas de garantir a melhoria de vida no planeta.

Consumo consciente da água

Atitudes simples podem fazer a diferença. Seguem algumas dicas:

 

 

 

A Sociedade Mineira de Cultura é uma entidade beneficente da área de educação, portadora do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social - CEBAS-Educação.